UAI
Publicidade

Estado de Minas INVESTIGAÇÃO

Quem é o servidor que aliciou menina de 13 anos desaparecida no DF

Correio Braziliense apurou que Jocelio Luz trabalha como digitador na Secretaria de Saúde de Massapê (CE); ele se passou por adolescente para atrair a garota


12/11/2021 17:27 - atualizado 12/11/2021 18:53

Imagens de câmeras mostram menina
Imagens mostram menina menina, que estava em contato com homem de 35 anos (foto: Material cedido ao Correio)
O acusado de aliciar uma menina de 13 anos moradora de Samambaia é servidor público municipal da Secretaria de Saúde do município de Massapê, no Ceará. Jocelio Vieira da Luz, de 35 anos, é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE).

Ele pode responder por subtração de incapaz e estupro de vulnerável, a depender do andamento das investigações. A menor saiu de casa, na QS 110, na sexta-feira passada (5/11) e foi encontrada nessa quinta-feira (11/11) na companhia do suspeito.

O Correio apurou que Jocelio trabalha como digitador na secretaria do município cearense desde fevereiro deste ano, após ser aprovado em processo seletivo de seleção pública simplificada. Solteiro, o acusado se passou por um adolescente de 15 anos para atrair a garota. Os dois conversavam por meio de uma rede social e logo trocaram os números e passaram a dialogar pelo WhatsApp.

Para a adolescente, Jocelio dizia que morava no Maranhão e que era neto de um coronel. Nas redes sociais, ele se intitulava como Maurício Gomes Chagas e usava outras fotos para enganar a garota. No DF, os dois chegaram a se encontrar pessoalmente.

A mãe da adolescente contou que a filha queria conhecer o amigo pela internet e a genitora permitiu, desde que ela acompanhasse o encontro. A mãe, no entanto, não notou que a pessoa se passava de um homem adulto, pois, segundo ela, ele tem a estatura baixa, é magro, estava de boné, máscara e óculos.

O suspeito ainda chegou a trocar mensagens com a própria mãe da adolescente por meio de um aplicativo. Na ocasião, o celular da menor tinha quebrado e o servidor depositou dinheiro para que aparelho fosse consertado, alegando que havia adquirido o valor com o pai.

Embarque e mistério


A adolescente saiu de casa por volta das 6h20 dizendo para a mãe que iria para um passeio escolar, mas não compareceu à escola. O Correio revelou, em matéria publicada nessa quinta-feira, que a menina foi em direção à estação do metrô e embarcou sozinha no Aeroporto de Brasília. A investigação segue no intuito de apurar como a adolescente conseguiu pegar um voo para Fortaleza sem a devida autorização dos pais.

Quando a jovem desapareceu, o homem chegou a mandar mensagem para a mãe de Tainá novamente perguntando sobre seu desaparecimento. “Ele é um manipulador. Ele disse que era do Maranhão e foi encontrado no Ceará. A gente conhece a Tainá aqui dentro de casa, ela nunca teve uma dupla personalidade. Nunca se comportou de um jeito na nossa frente e de outro jeito em outro lugar”, disse um dos tios da garota.

Em nota oficial, a Secretaria de Segurança Pública do Ceará (SSP-CE) informou que a localização do paradeiro da jovem aconteceu após uma ação conjunta das Delegacias Regional de Sobral e de Combate a Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca), além da troca de informações com a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

Os dois foram encontrados em Massapê (CE), e segundo o relato da polícia, a adolescente e o homem demonstraram surpresa pela localização do paradeiro. Eles foram conduzidos para a delegacia de Sobral. A jovem passou por exames periciais e foi encaminhada para Fortaleza, para ser ouvida na sede da Dceca e trazida de volta para o DF. O homem chegou a ser preso, mas foi liberado. As investigações, no entanto, continuam.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade