Publicidade

Estado de Minas ISOLAMENTO?

Jovens organizam festa com bar, piscina e quatro DJs na pandemia

Em divulgação nas redes sociais, evento é marcado para domingo (9/8), em chácara em Brasília, mesmo com decreto que proíbe esse tipo de evento no DF


08/08/2020 09:46

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
Um grupo de jovens de Brasília ignorou a pandemia do novo coronavírus e o decreto de proibição de eventos, e organiza uma festa com estrutura que conta com quatro DJs, piscina, bar e luzes de LED.

A festa está marcada para este domingo (9/8), em chácara na saída do Pistão Norte, sentido Brazlândia. Os detalhes são organizados em mensagens de grupos de WhatsApp. Nelas, os idealizadores avisam que há cobrança de ingresso para entrada, um valor de R$ 40, e que só pode entrar no local quem estiver com uma pulseira.

Os jovens também avisam que a festa terá seguranças e proibição de filmagens. “Se joguem e convidem os amigos, a vibe não tem limite, tudo está sendo organizado com muito carinho como todos os outros eventos”, dizem nos textos de divulgação, passando a ideia de que essas festas são comuns.

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
Há até mesmo um vídeo de divulgação produzido para a confraternização. Porém, de acordo com o DF Legal, essa organização “requer licença eventual, conforme a Lei 5.281/13”. Outra irregularidade é que, neste momento de pandemia, essas festas “não podem ocorrer por conta do decreto da covid-19 que suspendeu esse tipo de evento”. Os organizadores podem sofrer interdição do local e multa que varia de R$ 7.299,74 a R$ 51.098,24.

A reportagem entrou em contato com um jovem identificado como Diogo, que disponibilizou a conta corrente para receber os pagamentos dos ingressos. Ele não negou a organização da festa, mas argumentou que ela não aconteceria mais. “Seria um aniversário e íamos comemorar em uma chácara. Mas resolvermos desmarcar e vamos comemorar de outra forma”, disse. Questionado se o cancelamento do evento se deu em decorrência da pandemia, ele negou e não quis se pronunciar mais.

Outra irregularidade semelhante foi denunciada pelo Correio nesta semana. Um DJ do DF também estava organizando um evento irregular com uma "superprodução", marcado para 15 de agosto. A reportagem apurou que um amigo do DJ que estava recebendo o dinheiro dos ingressos para investir na festa havia sido beneficiado pelo auxílio emergencial, além de receber valores do Bolsa Família desde 2017.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade