Publicidade

Estado de Minas XENOFOBIA

Idosa que chamou estudante de 'chinesa porca' em metrô é indiciada por racismo e injúria

As imagens viralizaram nas redes sociais no inicio da pandemia do novo coronavírus


16/07/2020 17:25 - atualizado 16/07/2020 18:28

Internautas ficaram chocados com as ofensas proferidas pela mulher, de 75 anos, à estudante(foto: Redes Socias/Reprodução)
Internautas ficaram chocados com as ofensas proferidas pela mulher, de 75 anos, à estudante (foto: Redes Socias/Reprodução)
No início da pandemia do novo coronavírus, um vídeo mostrando uma senhora cometendo racismo contra uma jovem dentro de um vagão do metrô do Rio de Janeiro viralizou nas redes sociais. Nas imagens, a idosa chama Marie Okabayashi de “chinesa porca”, se referindo à descendência oriental da estudante e insinuando que ela estaria contaminada com o vírus. Na manhã desta quinta-feira (16), a idosa, de 75 anos, foi indiciada por racismo e injúria.
 
De acordo com as investigações, a idosa insultou pessoas de origem oriental ao relacioná-las à disseminação do novo coronavírus. Marie Okabayashi, que é descendente de japoneses, publicou o vídeo nas redes sociais, mostrando a forma discriminatória como a idosa se dirigia a ela. 
 
Marie, de 23 anos, conta que a idosa ficou incomodada ao perceber que ela havia se sentado na cadeira à frente. “Antes de me xingar na frente de todos, ela me notou quando sentei na frente dela e começou a falar m... seguida de m..., muito alto, mas com as pessoas ao lado (consegui filmar um pedacinho desse momento)”, escreveu, na época.
 
A estudante relatou que a mulher disse que os chineses e os asiáticos estão infectados com coronavírus e esse seria o motivo para seus xingamentos. Segundo Marie Okabayashi, foram feitas afirmações como “quando eu vejo um chinês eu atravesso a rua” e “não compraria uma Coca fechada desse povo, porque eles contaminam tudo”. 
 
Marie contou ainda que a idosa falou que “os coreanos, tailandeses e esse 'resto' também são um horror, invadem nosso país e roubam os empregos do nosso povo, espalham doenças.”
 
*Estagiária sob supervisão da subeditora Kelen Cristina 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade