Publicidade

Estado de Minas TECNOLOGIA

Busca por planos de internet fixa, em abril, cresce 17% no Brasil

Com o isolamento social, levantamento mostra que a procura pelo serviço aumentou entre estados brasileiros. Mulheres representam maior porcentagem na pesquisa


postado em 25/05/2020 19:35 / atualizado em 25/05/2020 20:04

Procura por serviços de internet cresceu em todo o Brasil. A busca por internet fixa aumentou 16,97% em abril(foto: Pixabay/Reprodução)
Procura por serviços de internet cresceu em todo o Brasil. A busca por internet fixa aumentou 16,97% em abril (foto: Pixabay/Reprodução)
Diante da atual pandemia de coronavírus e da determinação de isolamento social, a procura por serviços de internet cresceu em todo o Brasil. A busca por internet fixa aumentou 16,97% em abril, com relação ao mês de março. O levantamento foi feito pelo Portal de Planos, plataforma que reúne planos de internet, celular, TV e telefone.
 
De acordo com o estudo, as mulheres representam 57,9% das buscas do último mês, sendo as que mais procuraram serviço. Enquanto os homens somam 42,1%. Já em relação aos estados, São Paulo teve a maior procura por internet fixa, com 41,5%. Minas Gerais ocupa o terceiro lugar na lista de estados com maior procura pelo serviço.
 
O especialista em marketing digital do Portal de Planos, Yuri Kaminski, comentou que o isolamento social mostrou a importância em ter uma internet de qualidade em casa, seja para trabalhar em home office, estudar, assistir filmes ou falar com amigos e familiares. “Notamos que muitas pessoas que não tinham banda larga buscaram por esse serviço e por isso tivemos um grande pico na procura no primeiro mês de isolamento, em março. Também percebemos um crescimento na procura por melhorias nos planos atuais nos últimos meses”, obeserva Yuri.

Estados com maior procura por esses serviços 

São Paulo - 41,5%
Rio de Janeiro - 10,8%
Minas Gerais -7,6%
Paraná - 6,1%
Rio Grande do Sul - 5,6%
Outros estados - 28,4%
 
 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade