Publicidade

Estado de Minas

Brasileiro que foi estudar na Irlanda desaparece em subúrbio de Dublin

A mãe de Caíque Trindade fez apelos nas redes sociais e viajou para acompanhar as buscas de perto. Comunidade brasileira está mobilizada


postado em 13/03/2018 17:03 / atualizado em 13/03/2018 18:41

A mãe de Caíque está divulgando fotos e vídeos pedindo ajuda para encontrar Caíque(foto: Reprodução Facebook)
A mãe de Caíque está divulgando fotos e vídeos pedindo ajuda para encontrar Caíque (foto: Reprodução Facebook)

O desaparecimento de um jovem brasileiro em Dublin, divulgado nas redes sociais, está mobilizando a polícia e a comunidade brasileira na Irlanda. Caíque Trindade de Oliveira, de 24 anos, sumiu no dia 6 de março e, segundo a mãe Valclecia Trindade, estaria “desorientado”. Ela viajou para a cidade irlandesa e está fazendo apelos públicos pelas redes sociais.

Em um vídeo no Facebook, Valclécia diz que qualquer informação é importante e dá os telefones para contato. “Se você souber algo por favor contatar:083 8304332 / 087 2577495 Clondalkin Garda Station: 01 666-7600”, pede uma comunidade de brasileiros na Irlanda.



A mãe de Caíque diz que ele saiu de casa no dia 6 de março, no bairro de Clondalkin, às 10:00 da manhã e não retornou. “Fui informada de seu desaparecimento pelos colegas com quem dividia o apartamento. Sua carteira com dinheiro, cartão de crédito e LeapCard foi encontrada no dia 7/03 em um mercado da rede TESCO próximo a casa em que estava morando”, conta.
A guarda irlandesa está ajudando a procurar o jovem brasileiro(foto: Reprodução Internet)
A guarda irlandesa está ajudando a procurar o jovem brasileiro (foto: Reprodução Internet)


Caíque se mudou para Dublin em fevereiro para trabalhar e estudar. A mãe dele diz que está em contato com a polícia local, que tem prestado apoio na busca. Também já contatou a embaixada brasileira e a mídia irlandesa, mas por enquanto não há notícia sobre o paradeiro do rapaz. “Estou na Irlanda para acompanhar as buscas desde o dia 7. Caíque que tem 24 anos, mede 1,80m de altura, é moreno, estava vestindo calça jeans, blusa preta, casaco preto e um tênis preto da marca ADIDAS; levando apenas 2 salgados e uma garrafa de água e sua carteira. Embora esteja de óculos na foto, seus óculos foram deixados no apartamento neste dia, portanto ele está sem óculos”, diz.

Valclécia diz estar aflita e pede ajuda para levar o filho de volta para casa. 

 

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores informou que "o consulado do Brasil em Dublin está acompanhando o caso do desaparecimento do menor Caíque Andrade e presta apoio consular à família, que foi recebida na Embaixada do Brasil. O consulado acompanha diariamente as investigações conduzidas pela polícia irlandesa e mantém permanente contato com os familiares, na expectativa da pronta solução do caso".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade