Publicidade

Estado de Minas

Morre no Recife o cineasta e jornalista Fernando Spencer

Fernando estava internado no Hospital Capibaribe, na Boa Vista, desde a última quarta-feira


postado em 17/03/2014 10:38

O cineasta pernambucano Fernando Spencer, de 87 anos, morreu na madrugada desta segunda-feira (17). Fernando estava internado no Hospital do Capibaribe, na Boa Vista, Centro do Recife. O cineasta estava internado desde a última quarta-feira (12), ele morreu vítima de câncer de pulmão, após seis anos de luta contra a doença.


Fernando Spencer nasceu no Recife, também foi jornalista e trabalhou por 40 anos no Diario de Pernambuco. Autor do mais de trinta filmes e documentários, sua ligação com o cinema começou na década de 1960. Considerado um dos pioneiros do cinema em Pernambuco, tendo se destacado com o uso Super 8, entre suas produções, estão Bajado – um artista de Olinda (1975), Estrelas de celulóide (1987) e O último bolero no Recife (1987).

O cineasta foi coordenador da Cinemateca da Fundação Joaquim Nabuco por vinte anos, de onde se aposentou em 2000. Em 2007, ganhou o título de Patrimônio Vivo de Pernambuco. O velório começou às 5h no Cemitério de Santo Amaro, Centro da cidade. O enterro será na tarde desta segunda, mas a horário ainda não foi definido.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade