Publicidade

Estado de Minas

PM do Rio vai ter 3.355 homens no policiamento das praias para o réveillon


postado em 28/12/2012 20:55

A Polícia Militar divulgou nesta sexta-feira o esquema especial de policiamento para o réveillon na orla de Copacabana, onde 1.217 homens vão trabalhar para dar segurança à população.

De acordo com a Polícia Militar, o policiamento também será reforçado em outros locais da cidade em que haverá shows, como Barra da Tijuca, Piscinão de Ramos, Ilha do Governador, Parque de Madureira e Pedra de Guaratiba, entre outros. Em toda a cidade, serão empregados 3.355 policiais militares, com o apoio de 178 viaturas. Segundo o tenente-coronel Claúdio Costa de Oliveira, responsável pelo policiamento em Copacabana, a ação será dividida em dois turnos e o efetivo de policiamento só será desfeito quando as pessoas tiverem retornado para suas casas. O militar informou que o uso de bebida alcoólica em excesso é uma das maiores causas dos acidentes da festa. "Copacabana apresenta ocorrências como perda de documentos e pequenos furtos, pessoas que se machucam com vidros, até com casos graves. O excesso de bebida alcoólica leva a excessos, o que motiva muitas vezes confusões. Mas o alerta que faço é que evitem levar bebidas em garrafas, pois, além da sujeira, há o risco de acidente%u201D, explicou. O militar perde também que os pais identifiquem as crianças com pulseiras com os dados pessoais. %u201CA PM vai encaminhar as crianças perdidas para a Escola Municipal Cícero Pena, na Rua República do Peru", disse. Já a novidade do policiamento, neste ano, será o balão de observação de segurança. O equipamento vai ajudar a PM a monitorar a festa com visão noturna e térmica. A imagem será reportada para a base militar de comando da operação, instalada em contêiner próximo à Rua República do Peru.


Publicidade