UAI
Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Enviado dos EUA vai a Viena para conversas nucleares com Irã


03/08/2022 12:48

O enviado dos Estados Unidos nas conversas com o Irã, Rob Malley, anunciou nesta quarta-feira (3) que viajará para Viena para retomar as discussões sobre o programa nuclear iraniano com base no compromisso proposto pelo chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell.

"Nossas expectativas são medidas, mas os Estados Unidos saúdam os esforços da UE e estão prontos de boa-fé para tentar chegar a um acordo", tuitou Malley.

"Logo ficará claro se o Irã está preparado para o mesmo", disse o negociador do Departamento de Estado americano.

O Ministério das Relações Exteriores do Irã também anunciou hoje que uma delegação iraniana irá para Viena para continuar as discussões sobre seu programa nuclear.

"No âmbito da política de suspensão das cruéis sanções contra o nosso país, a equipe liderada por Ali Bagheri, o negociador-chefe da República Islâmica, viajará para Viena em poucas horas", afirmou o porta-voz da Chancelaria iraniana, Nasser Kanani.

As negociações iniciadas em Viena entre o Irã e as grandes potências para retomar o acordo internacional sobre o programa nuclear iraniano de 2015 se encontram em ponto morto desde março, após um ano de negociações.

No final de junho, o Catar organizou conversas indiretas em Doha entre o Irã e os Estados Unidos, na tentativa de canalizar o processo de Viena. Essas negociações foram interrompidas dois dias depois, porém, sem qualquer progresso.

Em 26 de julho, Borrell apresentou um projeto para chegar a um entendimento no tema e pediu às partes envolvidas que o aceitassem para evitar uma "crise perigosa".

Na segunda-feira (1º), o Irã se mostrou "otimista" sobre uma possível retomada das discussões, após examinar a proposta de Borrell.

"Neste ciclo de negociações, que acontecerá, como antes, com a coordenação da UE, as discussões vão girar em torno das ideias apresentadas pelos participantes, sobretudo, aquelas apresentadas esta semana pelo Irã para a outra parte", acrescentou Kanani.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade