UAI
Publicidade

Estado de Minas MANILA

Presidente das Filipinas diz que não tem intenção de voltar ao tribunal TPI


01/08/2022 07:15

O presidente das Filipinas disse neste segunda-feira (1º) que não tem intenção de voltar à jurisdição do Tribunal Penal internacional (TPI) em um momento em que o tribunal busca retomar uma investigação sobre a guerra mortal contra as drogas lançada pelo ex-presidente Rodrigo Duterte.

"As Filipinas não têm a intenção de voltar à TPI", disse o presidente Ferdinand Marcos Jr à imprensa, após afirmar que não iria cooperar com as investigações.

Duterte retirou o país da TPI em 2019 depois que o tribunal com sede em Haia lançou uma investigação preliminar sobre a repressão ao tráfico, que deixou milhares de mortos.

Em setembro os juízes do tribunal autorizaram uma investigação sobre a campanha de combates às drogas, afirmando que parecia um ataque ilegítimo e sistemático contra civis.

Poucos meses depois suspendeu a investigação, depois que as Filipinas afirmaram que estava investigando os supostos crimes.

Em junho, o promotor Karim Khan disse que o pedido de Manila para adiar a investigação era injustificado e que deveria começar o mais rápido possível.

Marcos Jr - que apoia a guerra às drogas - foi eleito com uma vitória retumbante em maio graças a uma aliança com a filha de Duterte, Sara, que conquistou a vice-presidência.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade