UAI
Publicidade

Estado de Minas LONDRES

Grupo aéreo IAG registra lucros pela primeira vez desde o início da pandemia


29/07/2022 06:58

O grupo aéreo britânico IAG - matriz da British Airways e da Iberia - anunciou nesta sexta-feira (29) que registrou lucros pela primeira vez desde o início da pandemia, impulsionados por uma "forte recuperação" da demanda.

O conglomerado IAG informou em comunicado que obteve um lucro líquido de 133 milhões de euros no segundo trimestre (135 milhões de dólares), comparado a um prejuízo de 981 milhões de euros no mesmo período do ano passado.

O grupo já havia previsto que voltaria a lucrar depois que as restrições de viagem impostas pela covid fossem totalmente suspensas.

"No segundo trimestre, voltamos ao lucro pela primeira vez desde o início da pandemia, após uma forte recuperação da demanda em todas as nossas companhias aéreas", disse o CEO Luis Gallego.

Para o diretor, isso respalda as perspectivas de obtenção de "lucro operacional para o ano inteiro", pois afirmou que "não há sinal" de enfraquecimento da demanda.

Em 2020 e 2021, o conglomerado sofreu perdas anuais por conta da pandemia, obrigando-o a cortar milhares de empregos.

O setor de aviação civil está se recuperando do golpe da pandemia e as perspectivas permanecem delicadas devido a vários distúrbios, incluindo a falta de pessoal.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade