UAI
Publicidade

Estado de Minas GENEBRA

Vinte e dois migrantes do Mali morrem em naufrágio na costa da Líbia


05/07/2022 20:32

Vinte e dois migrantes, todos procedentes do Mali, morreram em um naufrágio na costa da Líbia, informaram as Nações Unidas nesta terça-feira (5), citando testemunhos de sobreviventes, que indicaram que houve mortos por afogamento e desidratação.

Após nove dias em um bote de borracha, 61 sobreviventes, a maioria também do Mali, foram resgatados pela Guarda Costeira líbia e levados de volta ao continente, disse a Organização Internacional para as Migrações (OIM), que faz parte da ONU.

Os migrantes embarcaram na cidade líbia de Zuwara, perto da fronteira com a Tunísia, para cerca de 01h00 (20h00 em Brasília) em 22 de junho, disse Safa Msehli, porta-voz da OIM.

"Depois de nove dias no mar, foram resgatados pelos guarda-costas líbios", acrescentou. No sábado retornaram à terra.

"Segundo os sobreviventes, 22 migrantes, todos do Mali, morreram na travessia. Reportaram como causas de morte o afogamento e a desidratação. Entre os mortos há três crianças", indicou Msehli.

"O número total de sobreviventes é 61, a maioria do Mali", comentou.

Msehli disse que alguns dos migrantes estavam nas malas condições de saúde e foram transferidos para hospitais pela OIM. Os demais foram levados ao centro de detenção Al Maya, assinalou.

A Líbia se transformou em uma rota-chave para a migração irregular à Europa nos anos caóticos desde a queda e morte do ditador Muammar Kadafi em um levante apoiado pela Otan em 2011.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade