UAI
Publicidade

Estado de Minas NAÇÕES UNIDAS

EUA acusam Rússia de mobilizar armas proibidas pela Convenção de Genebra


02/03/2022 16:21

A embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Linda Thomas-Greenfield, acusou a Rússia nesta quarta-feira (2) de mobilizar bombas de fragmentação e outras armas proibidas pela Convenção de Genebra em sua ofensiva na Ucrânia.

As declarações de Thomas-Greenfield ocorrem no momento em que as forças russas atacam várias cidades ucranianas enquanto concentram tropas em torno da capital, Kiev.

"Parece que a Rússia está se preparando para aumentar a brutalidade de sua campanha contra a Ucrânia", disse Thomas-Greenfield à Assembleia Geral das Nações Unidas.

"Vimos vídeos de forças russas movendo armas excepcionalmente letais para a Ucrânia, que não têm lugar no campo de batalha. Isso inclui bombas de fragmentação e vácuo e munições, que são proibidas pela Convenção de Genebra", disse ela.

Ela também evocou imagens publicadas de um comboio de tropas russas com mais de 60 km de comprimento, que afirmou estar avançando em direção a Kiev.

Thomas-Greenfield falou antes da votação extraordinária na qual a Assembleia Geral exigiu que a Rússia "imediatamente" retire suas forças da Ucrânia.

A esmagadora maioria dos países votou a favor da resolução não vinculativa que "deplora" o ataque de Moscou à ex-república soviética, destacando o isolamento da Rússia no cenário mundial.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade