UAI
Publicidade

Estado de Minas HELSÍNQUIA

Finlândia toma decisão 'histórica' de fornecer armas à Ucrânia


28/02/2022 14:30

Neutra, mas membro da União Europeia (UE), a Filândia anunciou, nesta segunda-feira (28), sua decisão "histórica" de fornecer armas para a Ucrânia, após a invasão por parte da Rússia.

"A Finlândia fornecerá assistência militar à Ucrânia. É uma decisão histórica para a Finlândia", disse sua primeira-ministra, Sanna Marin, em entrevista coletiva.

Serão enviados 2.500 fuzis de assalto, 150.000 munições, 1.500 lançadores de granadas e 70.000 rações de campanha, detalhou o ministro da Defesa, Antti Kaikkonen.

"A mudança da linha (de defesa e política externa) da Alemanha foi particularmente significativa", disse Kaikkonen.

A Alemanha rompeu com sua doutrina, anunciando o fornecimento para a Ucrânia de 1.000 lançadores de foguetes antitanque, 500 mísseis terra-ar Stinger, nove lançadores de obuses, 14 veículos blindados e 10.000 toneladas de combustível.

Tradicionalmente, a Finlândia, que tem uma fronteira de mais de 1.300 quilômetros com a Rússia, não exporta armas para zonas de conflito.

Em um primeiro momento, este país nórdico anunciou o envio de coletes à prova de balas, capacetes e de um hospital de campanha para a Ucrânia para apoiar o país contra a invasão russa.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade