UAI
Publicidade

Estado de Minas BEIRUTE

Bombardeios russos na Síria matam ao menos 11 extremistas do EI


13/01/2022 08:19

Ao menos 11 supostos membros do grupo extremista Estado Islâmico (EI) morreram em ataques aéreos russos em áreas desérticas do leste da Síria, informou nesta quinta-feira (13) o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Os ataques noturnos se concentraram em uma área desértica entre Palmira e Al-Sukhna, afirmou o OSDH.

"Os membros da organização extremista se escondem em cavernas nesta área", disse o diretor da organização, Rami Abdel Rahman.

Os ataques também deixaram cerca de 20 feridos, acrescentou a fonte.

Os bombardeios russos desta quinta-feira foram os ataques mais mortais deste tipo desde novembro de 2021, quando 16 extremistas morreram, segundo o OSDH.

O EI proclamou seu califado em 2014 e chegou a controlar milhões de habitantes em vastos territórios da Síria e do Iraque até ser derrotado em 2019.

Os combatentes do EI se refugiaram em áreas desérticas, de onde continuam atacando o governo sírio e as forças aliadas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade