UAI
Publicidade

Estado de Minas ATENAS

Ex-deputado do partido neonazista grego Aurora Dourada recebe liberdade condicional


10/01/2022 12:15

Nikos Michos, ex-deputado do partido neonazista Aurora Dourada, que a justiça grega descreveu em outubro de 2020 como uma "organização criminosa", recebeu liberdade condicional por motivos de saúde, anunciou nesta segunda-feira (10) o tribunal de apelação que examinava seu caso.

Condenado em primeira instância a seis anos de prisão por "pertencer a uma organização criminosa", Nikos Michos pode deixar a prisão de Domokos, conforme a decisão de cinco membros do tribunal de apelação.

Segundo seu advogado, o ex-deputado sofre de um câncer e, enquanto está preso, não pode ter acesso aos cuidados necessários.

O tribunal estabeleceu condições para que o condenado não possa sair do território grego e que compareça duas vezes por mês na delegacia.

A Aurora Dourada lucrou com o desastre sociopolítico que seguiu à crise financeira de 2010, e vários de seus representantes entraram no Parlamento em 2012.

Na época, grupos de homens vestidos de preto andavam pelas ruas de Atenas, golpeando seus oponentes ou migrantes, com chutes e barras de ferro, ao grito de: "Sangue, honra. Aurora Dourada".

Após o assassinato do rapper antifascista Pavlos Fyssas, o chefe do partido, Nikos Michaloliakos, e vários ex-deputados foram colocados em prisão provisória por 18 meses (o máximo legal na Grécia), em uma prisão de alta segurança perto de Atenas. Em março de 2014, obtiveram liberdade condicional, aguardando julgamento.

A formação se apresentou nas eleições legislativas de janeiro de 2015 e se tornou a terceira força política do país. O julgamento da gestão só começou em abril de 2015, atrasado, principalmente por conta das greves.

Em outubro de 2020, os líderes e ex-líderes do partido foram condenados a 13 anos de prisão por terem dirigido "uma organização criminosa" responsável por assassinatos e atos violentos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade