UAI
Publicidade

Estado de Minas VILNIUS

Presidente da Lituânia admite que nome do escritório de Taiwan foi um 'erro'


04/01/2022 13:58

O presidente da Lituânia, Gitanas Nauseda, afirmou nesta terça-feira (4) que foi "um erro" permitir que Taiwan, ilha considerada pela China uma província rebelde, abrisse um escritório de representação em Vilnius sob esse nome.

O escritório de representação taiwanês foi inaugurado em Vilnius, capital da Lituânia, em novembro. A iniciativa foi criticada pela China.

"Acho que o erro não foi a abertura do escritório de Taiwan. Foi o seu nome, que [foi decidido] sem me avisar", disse Nauseda à rádio lituana Ziniu Radijas.

"O nome do escritório se tornou um fator que agora afeta fortemente nossas relações com a China", observou.

O fato de a Lituânia, um país da União Europeia (UE), ter permitido que Taipei inaugurasse uma embaixada de fato em seu território usando o nome de Taiwan desafiou abertamente o governo chinês.

Em protesto, Pequim cortou seus laços diplomáticos com a Lituânia, e empresas lituanas que fazem negócios com a China ou que se abastecem através de cadeias relacionadas à China afirmam que estão enfrentando restrições comerciais.

O governo chinês opõe-se a qualquer apoio internacional a Taiwan que possa legitimar a ilha, que considera parte de seu território e que prometeu reintegrar à força se necessário.

A Lituânia planeja abrir seu próprio escritório comercial em Taiwan nos primeiros meses de 2022.

Taiwan está de fato separado da China desde 1949, quando o governo nacionalista derrotado pelos comunistas se retirou da ilha.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade