UAI
Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Menos libertade de expressão e 30 jornalistas mortos nas Américas em 2021 (Fundamedios)


28/12/2021 22:04

A liberdade de expressão diminuiu em 2021 nas Américas, incluindo os Estados Unidos, com 30 jornalistas assassinados e o "mau exemplo" da Nicarágua, seguido por El Salvador e Guatemala, denunciou a Fundação Andina para a Observação e o Estudo da Mídia (Fundamedios) nesta terça-feira.

"O discurso contra a imprensa e os ataques ganharam espaço, colocaram em xeque os sistemas democráticos e penetraram até nas sociedades mais sólidas, como a tomada do Capitólio nos Estados Unidos" em 6 de janeiro, assinalou a fundação.

A Fundamedios destacou a situação na América Central, especialmente na Nicarágua, que "se tornou uma ditadura sem atenuantes, e suas práticas lamentáveis foram reproduzidas por países vizinhos com um único objetivo: silenciar as vozes dissidentes".

A imprensa independente da Nicarágua tem sido alvo de ameaças e ataques desde a cobertura dos protestos antigovernamentais de 2018, cuja repressão deixou mais de 300 mortos, segundo grupos humanitários. O país encerra o ano com mais de 160 presos políticos e o exílio forçado de 45 jornalistas, apontou a fundação.

Sob a presidência de Nayib Bukele, El Salvador "não ficou atrás" com a Lei de Registro de Agentes Estrangeiros. Seu discurso estigmatizante "chegou a envolver veículos de comunicação em crimes de sonegação de impostos, e obrigou seus jornalistas a deixarem o país", denunciou a Fundamedios.

Na Guatemala, a presidência de Alejandro Giammattei "significou um retrocesso grave no respeito aos direitos fundamentais", observou a Fundamedios.

A América Latina continua sendo uma das áreas mais hostis do mundo para a prática do jornalismo, com 30 profissionais assassinados em 2021, segundo cálculos da fundação. O México é o país mais perigoso, com 16, seguido de Guatemala e Honduras, com quatro casos ambos; Colômbia, com três; Venezuela, com dois; e Brasil, com um.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade