UAI
Publicidade

Estado de Minas NOVA YORK

Júri do caso Maxwell encerra terceiro dia de deliberações sem veredito


27/12/2021 22:32 - atualizado 27/12/2021 22:37

Os 12 jurados do julgamento contra a britânica Ghislaine Maxwell, acusada de tráfico sexual, encerraram nesta segunda-feira o terceiro dia de deliberações em Nova York sem chegar a um veredito sobre a culpa ou inocência da ex-parceira do influente financista americano Jeffrey Epstein, que cometeu suicídio na prisão em 2019.

Maxwell, 60 anos, presa desde julho de 2020, é processada, entre outras coisas, por fornecer a Epstein, entre 1994 e 2004, meninas menores de idade para fins de exploração sexual.

O julgamento no tribunal federal de Manhattan começou em 29 de novembro e os debates terminaram há uma semana. Desde então, e após uma pausa para o Natal, o júri não conseguiu chegar a um acordo sobre a responsabilidade da socialite.

Maxwell corre o risco de ser condenada a uma longa pena de prisão se for declarada culpada das seis acusações contra ela, todas relacionadas à violência sexual exercida por Epstein contra quatro jovens, menores na época e que testemunharam durante o julgamento.

Para o terceiro dia de deliberações a portas fechadas, os jurados pediram hoje uma definição jurídica precisa do crime de "incitação à libertinagem" e a transcrição do depoimento de um ex-namorado de uma das quatro denunciantes, conhecida pelo pseudônimo "Jane".

A defesa pediu absolvição, garantindo que não há "nenhuma evidência de que Ghislaine Maxwell" recrutou qualquer uma das quatro vítimas para entregá-las a Epstein e criticando "a péssima e variável memória" das acusadoras sobre eventos de mais de 25 anos atrás.

Durante suas deliberações, os jurados tiveram acesso às transcrições de interrogatórios, incluindo os de várias vítimas. Maxwell se declarou inocente.

Os jurados voltarão a avaliar o destino de Ghislaine Maxwell às 9h locais desta terça-feira.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade