UAI
Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Biden elogia os americanos por "imensa coragem" diante da pandemia


25/12/2021 15:53

Em seu primeiro Natal na Casa Branca, Joe Biden elogiou neste sábado(25) a "imensa coragem" dos americanos diante da pandemia e os convidou a buscar "luz" e união nas dificuldades.

"Este ano vimos a imensa coragem, força, resiliência e determinação de todos vocês que se preocupam, confortam, ensinam, protegem e servem o país", escreveu o presidente dos Estados Unidos em uma mensagem também assinada por sua esposa, Jill Biden, por ocasião do feriado cristão.

"Vocês mostram, várias vezes, que nossas diferenças são preciosas e nossas semelhanças infinitas", disse o presidente democrata, à frente de um país profundamente dividido em uma infinidade de questões.

"Oramos pela promessa do Evangelho, de encontrar a luz nas trevas, que é talvez o esforço mais americano que existe", disse Biden, um católico devoto, em sua mensagem.

O casal presidencial, diante de um país castigado pela pandemia e frustrado com o aumento da inflação, deu ênfase especial às tradições de fim de ano, como perdoar um peru no Dia de Ação de Graças e decorar a Casa Branca.

No entanto, Biden foi surpreendido na sexta-feira pelo clima político particularmente amargo que prevalece no país. Uma divertida conversa ao telefone com uma família sobre o papai Noel mudou quando um pai, a quem Biden tinha acabado de desejar boas festas, o insultou.

Segundo os repórteres presentes, o homem respondeu: "Feliz Natal" seguido de "Vamos, Brandon!", frase usada pelos partidários de Donald Trump de forma depreciativa contra o presidente, equivalente a "vai se f... Biden".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade