UAI
Publicidade

Estado de Minas ROMA

Falso ginecologista que filmava pacientes é preso no sul da Itália


17/12/2021 12:44

A polícia italiana fez, nesta sexta-feira (17) em Bari (sul), uma operação de busca e apreensão na casa de um homem acusado de se passar por ginecologista para convencer dezenas de mulheres a fazerem um exame vaginal por webcam.

Na operação, realizada na residência deste italiano de 40 anos após denúncias de várias vítimas, foram apreendidos vários telefones e cartões de memória.

O homem é suspeito de entrar em contato com mulheres que haviam feito exames ginecológicos em clínicas para comunicar-lhes que tinham infecções vaginais, segundo comunicado divulgado pela polícia.

"Depois, convenceu-as a fazerem um exame vaginal on-line", acrescenta o nota, acrescentando que mais de "400 mulheres em toda Itália" foram procuradas pelo falso ginecologista.

"Ele se apresentou como médico. Sabia a data e meu local de nascimento e me perguntou se eu tinha feito um exame ginecológico nos últimos meses", contou uma das vítimas, citada pelo jornal La Repubblica.

"Ele me fez perguntas cada vez mais pessoais e depois exigiu uma videochamada por Zoom, ou Hangout, (e) me pediu para mostrar minhas partes íntimas para confirmar o diagnóstico", explicou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade