UAI
Publicidade

Estado de Minas ADIS ABEBA

Primeiro-ministro etíope deixa linha de frente e retorna à capital


08/12/2021 11:22

O primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed, anunciou nesta quarta-feira(8) que retornará ao seu gabinete na capital, Adis Abeba, depois de passar duas semanas na frente de batalha.

A imprensa estatal anunciou em 24 de novembro que Abiy Ahmed havia deixado a gestão dos "assuntos atuais" para seu vice-primeiro-ministro para seguir ao campo de batalha e realizar uma "contraofensiva" sobre os rebeldes da Frente de Libertação do Povo do Tigré (TPLF), que reivindicou extensas tomadas de território por várias semanas.

Desde então, esses meios de comunicação exibem regularmente imagens de Abiy uniformizado com os militares, enquanto o governo anuncia que recuperou Lalibela, declarada Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, e as cidades de Dessie e Kombolcha, encruzilhada estratégica a caminho da capital.

"Estou voltando ao cargo porque terminei a primeira fase", disse o primeiro-ministro em um comunicado, afirmando que as últimas semanas "humilharam o inimigo e endireitaram a Etiópia".

"Os combates ainda não acabaram. Há áreas que não foram libertadas. Devemos propor uma solução duradoura para garantir que o inimigo que nos colocou à prova não volte a representar um perigo para a Etiópia", acrescentou.

A TPLF, por meio de seu líder político Debretsion Gebremichael, negou que o governo tenha recuperado a vantagem militar, afirmando que o Exército só ocupa áreas abandonadas após retiradas estratégicas dos rebeldes.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade