UAI
Publicidade

Estado de Minas JOHANNESBURGO

Ebrahim, combatente contra o apartheid na África do Sul, morre aos 84 anos


06/12/2021 10:18

Ebrahim Ismail Ebrahim, ex-companheiro de luta de Nelson Mandela na luta contra o apartheid na África do Sul, que passou parte de sua vida na prisão de Robben Island, morreu nesta segunda-feira aos 84 anos.

Ele faleceu em sua residência depois de sofrer uma longa doença, informou Congresso Nacional Africano (ANC), partido que governa o país.

Em um comunicado, o partido se despediu de um "membro da ANC de longa data, um patriota que serviu ao país em muitos postos com humildade, dedicação e distinção".

Ebrahim, de origem indiana, nasceu em 1º de julho de 1937 e sua trajetória foi similar a de outros grandes nomes que lutaram contra o regime racista branco.

Sob o regime do apartheid, ele passou da oposição não violenta à luta armada e foi detido em 1963. Ebrahim permaneceu na prisão de Robben Island por 15 anos, onde conviveu com Nelson Mandela e outro futuro presidente, Jacob Zuma. Ele foi libertado de maneira definitiva em 1991.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade