UAI
Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Bob Dole, figura icônica da política dos EUA, morre aos 98


05/12/2021 15:33

O ex-senador Bob Dole, figura emblemática da política americana, candidato à Casa Branca e veterano da Segunda Guerra Mundial, morreu na manhã deste domingo (5) aos 98 anos, anunciou a Fundação Elizabeth Dole.

"É com pesar que anunciamos que o senador Robert Joseph Dole morreu esta manhã enquanto dormia", escreveu no Twitter a fundação, que leva o nome da esposa do ex-senador.

"Ele serviu lealmente aos Estados Unidos por 79 anos", acrescentou.

Três vezes aspirante a ser o candidato republicano à Casa Branca, Dole foi derrotado nas primárias por Ronald Reagan em 1980, depois por George Bush em 1988, antes de ganhar a nomeação do partido em 1996.

Naquele ano, Dole, aos 73 anos, foi facilmente derrotado pelo democrata Bill Clinton nas urnas.

Vinte anos antes, Gerald Ford o escolhera como seu candidato a vice-presidente, mas a chapa republicana perdeu para os democratas Jimmy Carter e Walter Mondale.

Dole voltou da Segunda Guerra Mundial condecorado, mas gravemente ferido. Ele precisou reaprender a andar e recuperar o controle de seu corpo, exceto o braço direito.

Ingressou no Congresso em 1961, primeiro como deputado, depois como senador pelo estado do Kansas, em 1968. Reeleito quatro vezes, atuou durante anos como líder da maioria e da minoria na Câmara Alta.

Dole era casado com Elizabeth, que tinha uma carreira política própria, servindo como secretária de Transporte e Trabalho, bem como senadora pela Carolina do Norte.

"A falta dele será profundamente sentida por todos nós que tivemos o privilégio de conhecê-lo", disse o ex-vice-presidente Mike Pence.

A presidente da Câmara dos Representantes, a democrata Nancy Pelosi, ordenou que as bandeiras do Capitólio voassem a meio mastro, anunciou seu chefe de gabinete.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade