UAI
Publicidade

Estado de Minas BRUXELAS

Primeiro-ministro belga denuncia violência 'inaceitável' de manifestantes anticovid


22/11/2021 10:24

O primeiro-ministro da Bélgica, Alexander De Croo, denunciou nesta segunda-feira (22) uma violência "absolutamente inaceitável", um dia depois de um protesto em Bruxelas contra as restrições anticovid que terminou em confrontos com a polícia.

Após uma reunião com o colega francês, Jean Castex, para abordar questões de segurança, De Croo expressou apoio aos policiais (três foram feridos) e pediu um debate sereno sobre a pandemia e a vacinação "que não seja baseado na desinformação".

Em um contexto de forte aumento das infecções e hospitalizações, a Bélgica endureceu na semana passada as restrições em vigor para o acesso a determinados atos e locais públicos.

No domingo, na capital belga, milhares de pessoas (35.000 segundo a polícia) protestaram contra as novas medidas sob o lema "Juntos pela liberdade".

A manifestação começou de forma pacífica, mas a polícia teve que utilizar jatos de água e gás lacrimogêneo contra pessoas que atiravam objetos.

Três policiais ficaram feridos e 40 pessoas foram detidas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade