UAI
Publicidade

Estado de Minas SEM EXPLICAÇÃO

Casal italiano tem bebê com barriga de aluguel e o abandona em outro país

Pais viajaram com a criança e a babá para a Ucrânia, mas retornaram à terra natal há mais de um ano, sem voltar para pegar a menina


21/11/2021 11:27 - atualizado 21/11/2021 11:51

Mulher grávida
Casal tem filha por meio de barriga de aluguel e abandona a criança em outro país com a babá (foto: Pixabay)
Após conseguir ter um bebê por meio de uma barriga de aluguel, um casal italiano abandonou a criança em outro país com a babá. A mulher que trabalhava para o casal esperou por eles por um ano e quatro meses, mas eles não retornaram. 

Segundo o site Mirror, em agosto de 2020, quando a criança nasceu, a família havia feito uma viagem para a Ucrânia juntamente com uma babá. Por razões desconhecidas, o casal retornou para a Itália deixando a criança para trás. Eles haviam prometido retornar.

Após aguardar pelo retorno dos pais da criança por todo esse tempo, a babá entrou em contato com o consulado italiano para relatar que não tinha mais condições de cuidar da menina. 


As autoridades italianas do Ministério Público Juvenil conseguiram localizar os pais e confirmar que o casal não pretendia levar a filha de volta, atualmente com 16 meses. Por isso, na semana passada, o bebê foi levado para a Itália e encaminhado para adoção. 

Em 11 de novembro, a criança foi levada de avião por uma equipe formada por funcionários da Cruz Vermelha italiana, incluindo a pediatra, Carolina Casini, e uma enfermeira voluntária, para Malpensa, onde atualmente está sendo cuidada por uma família adotiva. Carolina informou ao tribunal que a menina estava em boas condições de saúde e que a babá cuidou muito bem da criança.

Ao saber da notícia, a babá entregou fotos para os pais adotivos temporários da menina. Conforme o The Mirror, a última recomendação da babá ao inspetor que levou a criança para a Itália foi: “Ela come banana, dá uma inteira para ela”. 

Ainda não está claro se os pais biológicos enfrentarão alguma penalidade pelo ocorrido. 

*Estagiária sob supervisão


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade