UAI
Publicidade

Estado de Minas COPENHAGA

Mil manifestantes protestam em Copenhague contra volta do passe sanitário


20/11/2021 17:47

Mil manifestantes foram às ruas na noite deste sábado (20) no centro de Copenhague para protestar contra o retorno do passe sanitário da covid-19, o que reflete a volta de um movimento de protesto iniciado há um ano.

O movimento radical dos "Men in Black", que se autodenomina antissistema, organizou sua primeira manifestação desde o restabelecimento parcial do "coronapasse" na Dinamarca na semana passada, dois meses depois da suspensão completa das restrições.

Levando bandeiras dinamarquesas e tochas, os manifestantes, mais de duas mil pessoas, segundo os organizadores, mil, segundo a polícia, cruzaram as grandes vias de Copenhague, constatou uma jornalista da AFP.

"Liberdade para a Dinamarca, estamos fartos!", gritaram os manifestantes, retomando o lema do grupo apartidário.

Dezenas de milhares de manifestantes em Viena, distúrbios na Holanda, saques e vandalismo nas Antilhas francesas mostram que os protestos cresceram neste fim de semana devido às medidas adotadas na Europa para conter a pandemia.

Em Estocolmo, uma pequena manifestação reuniu 200 a 300 pessoas para protestar contra a instauração da obrigatoriedade de exibir comprovantes de vacinação em qualquer encontro em ambientes fechados com menos de cem pessoas, segundo imagens exibidas online pelos participantes.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade