UAI
Publicidade

Estado de Minas HAIA

Ato contra medidas anticovid é anulado em Amsterdã após caos no protesto de Rotterdam


20/11/2021 08:42

Prevista para este sábado (20), uma manifestação contra as restrições adotadas para conter a propagação da covid-19 em Amsterdã foi cancelada, depois que outro protesto terminou em graves distúrbios na cidade holandesa de Rotterdam na sexta-feira (19) - anunciou a organização.

"Ontem à noite (sexta-feira) o inferno se instalou em Rotterdam", reconheceu a organização United We Stand Europe no Facebook, referindo-se ao caos deflagrado no centro da cidade portuária.

Esta organização é contrária a medidas sanitárias restritivas.

Durante o protesto, dezenas de pessoas foram presas, e sete ficaram feridas, incluindo policiais, informaram as forças da ordem.

Manter a manifestação em Amsterdã "não nos parecia justo", afirmou a United We Stand Europe.

Há uma semana, o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, anunciou a reintrodução de um confinamento parcial junto com uma série de restrições sanitárias, sobretudo no setor de restaurantes, para conter o número de casos de covid-19.

Os planos do governo incluem restringir o acesso de pessoas não vacinadas a alguns lugares.

O ministro holandês da Segurança e Justiça, Ferd Grapperhaus, lamentou neste sábado os danos "consideráveis" causados em Rotterdam e disse que "a violência extrema contra a polícia, a tropa de choque e os bombeiros era algo horrível de se ver".

"A polícia e a promotoria estão fazendo todo o possível para localizar, processar e punir esses desordeiros", ressaltou.

A polícia local informou no Twitter a abertura de uma investigação.

Outra manifestação está marcada para este sábado na cidade de Breda, no sul do país, "com mais medidas de segurança". Os organizadores esperam milhares de pessoas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade