UAI
Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Biden está 'saudável' e 'apto' a assumir suas funções, diz médico


19/11/2021 21:54 - atualizado 19/11/2021 21:55

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está "saudável", "forte" e "apto" a cumprir a função de presidente dos Estados Unidos, afirmou nesta sexta-feira (19) seu médico depois de o chefe de Estado ser submetido a um check-up.

O presidente, que completa 79 anos no sábado, toma três medicamentos prescritos e um sem receita, acrescentou.

Em comparação com seu último check-up, em dezembro de 2019, Biden apresenta uma maior rigidez ao caminhar e sua tosse frequente se deve a um refluxo gastroesofágico, detalhou.

Após o check-up, o médico Kevin O'Connor atribui estas mudanças a enfermidades sem maior gravidade.

Ele constatou uma neuropatia (problema nervoso) "leve", que afeta seus pés, e sequelas de uma fratura que explicam seu caminhar rígido.

O check-up também incluiu uma colonoscopia com anestesia, que obrigou Biden a transferir seus poderes para a vice-presidente, Kamala Harris, por uma hora e 25 minutos. Harris se tornou brevemente a primeira mulher com prerrogativas presidenciais na história dos Estados Unidos.

A colonoscopia foi "tranquilizadora", afirmou o médico, que atende Biden há 13 anos.

O check-up também enumerou as enfermidades benignas de que padece, além de seus problemas gástricos e de mobilidade: "fibrilação auricular não valvular", um problema cardíaco "estável" em tratamento, um alto nível de lipídios no sangue, também em tratamento, alergias e artrite.

- Ação de Graças -

Em seu retorno à Casa Branca depois do exame médico, o presidente cumpriu, visivelmente satisfeito, a tradição de indultar dois perus antes do Dia de Ação de Graças, chamados Peanut Butter (manteiga de amendoim) e Jelly (geleia) em homenagem a um sanduíche muito popular no país.

O peru é um prato emblemático do Dia de Ação de Graças, que se celebra na semana que vem.

Depois de um discurso salpicado por piadas e entrecortado pelo grugulejar das aves, Biden posou, sorridente, para fotos e brincou com as crianças no roseiral da Casa Branca.

"Meu check-up transcorreu muito bem", disse aos jornalistas ao sair do hospital Walter Reed, nos arredores de Washington, às 14h05 locais (16h05 de Brasília). Pouco depois, chegou à Casa Branca, onde declarou, com um sorriso: "Eu me sinto bem".

A Casa Branca anunciou em uma nota concisa às 06h que o presidente se submeteria a um check-up de rotina, o primeiro desde sua posse.

Biden é o presidente mais idoso da história dos Estados Unidos e já tornou público que prevê apresentar-se a um novo mandato em 2024, mas especula-se que poderia desistir em função de sua idade.

O presidente prometeu transparência sobre seu estado de saúde. Alguns partidários de seu antecessor, Donald Trump, não perdem a oportunidade de semear dúvidas publicamente, de forma mais ou menos indireta, sobre sua saúde física e sua lucidez.

Em 1988, Biden teve um grave problema de saúde: foi levado de urgência ao hospital após o rompimento de um aneurisma e um sacerdote foi chamado para lhe dar a extrema unção.

Se Biden não se candidatar à reeleição, Harris, de 57 anos, seria a candidata natural dos democratas, embora agora a maioria dos observadores faça um balanço mitigado de seu mandato como vice-presidente.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade