UAI
Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

EUA testa medicamento para melhorar crescimento de crianças com nanismo


19/11/2021 17:20

A agência reguladora de medicamentos e alimentos dos Estados Unidos, a FDA, aprovou nesta sexta-feira (19), pela primeira vez, um medicamento para melhorar o crescimento em crianças com acondroplasia, o tipo mais comum de nanismo.

O fármaco Voxzogo, fabricado pela farmacêutica BioMarin, já está autorizado nos Estados Unidos para o tratamento de crianças maiores de cinco anos com acondroplasia, cujas placas de crescimento - áreas de cartilagem ao final dos ossos longos - ainda estão abertas, o que significa que têm potencial para crescer.

"Com essa ação, as crianças de baixa estatura devido à acondroplasia têm uma opção de tratamento que foca na causa subjacente de sua baixa estatura", disse em um comunicado de imprensa a endocrinologista da FDA, Theresa Kehoe.

A acondroplasia é um transtorno genético do crescimento ósseo que bloqueia a mudança da cartilagem para o tecido ósseo. Os adultos com essa condição se desenvolvem até chegar, em média, a 1,2 metro de altura.

Essa condição pode provocar problemas respiratórios, curvatura exagerada da coluna, obesidade e infecções de ouvido recorrentes, segundo os Institutos Nacionais de Saúde dos EUA. A expectativa de vida dessas pessoas, no entanto, costuma ser quase normal.

A Comissão Europeia, o órgão executivo da União Europeia, autorizou o uso do fármaco para tratar crianças maiores de dois anos que ainda estão em crescimento no fim de agosto deste ano.

Espera-se que o medicamento esteja disponível nos Estados Unidos em meados ou no final de dezembro, segundo a BioMarin.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade