UAI
Publicidade

Estado de Minas TÓQUIO

Japão estimula candidaturas femininas no 1º recrutamento de astronauta em 13 anos


19/11/2021 09:57

É um pequeno passo para o Japão, mas uma grande oportunidade para os candidatos, já que o país está recrutando novos astronautas pela primeira vez em mais de uma década, e os candidatos não precisam mais ter um diploma científico.

A Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA) disse que incentiva as mulheres a se apresentarem, já que os sete astronautas atuais do país são homens.

As candidatas selecionadas, que devem ser japonesas, receberão treinamento e serão enviadas em missões, potencialmente à Lua, ao Portal Lunar, ou à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês).

"Queremos estabelecer um sistema (de recrutamento) que esteja de acordo com a época atual", disse Kazuyoshi Kawasaki, da JAXA, em uma coletiva de imprensa.

"Antes, limitávamos os candidatos aos que tivessem graduação em Ciências Naturais, mas muitos de nós concordamos que não é um requisito necessário".

Ainda assim, os exames escritos incluirão questões de nível universitário sobre ciência, tecnologia, engenharia e matemática. O nível de inglês dos candidatos também será avaliado.

As inscrições ficarão abertas de 20 de dezembro e 4 de março.

É a primeira vez que o Japão procura astronautas novatos em 13 anos e, desta vez, a agência buscará contratar "alguns" com pelo menos três anos de experiência profissional.

Não há limite de idade, nem cotas de gênero, e a JAXA reduziu a exigência de altura para 149,5 centímetros.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade