UAI
Publicidade

Estado de Minas LOS ANGELES

Tutela de Britney Spears chega ao fim, decide juíza de Los Angeles


12/11/2021 20:59

A tutela que controlou a vida e a carreira da cantora americana Britney Spears durante 13 anos chegou ao fim, decidiu nesta sexta-feira (11) uma juíza de Los Angeles.

"A partir de hoje (...) a tutela da pessoa e do patrimônio de Britney Spears está encerrada. E esta é a ordem do tribunal", disse a juíza Brenda Penny.

Spears, de 29 anos, postou uma foto sua sem legenda em seu Instagram logo após a decisão, enquanto seu noivo, Sam Asghari, publicou uma imagem com a palavra "Liberdade". As duas postagens acumularam milhares de comentários em minutos.

A intérprete de "Toxic" era objeto desta guarda desde 2008, após um colapso mental e de agredir um paparazzi em um posto de gasolina. Seu pai, Jamie Spears, que servia como tutor, foi afastado em setembro por decisão judicial e substituído por um tutor temporário.

Nessa audiência, a juíza também aceitou um pedido do advogado de Spears para agendar outra "curta audiência" para formalizar o "encerramento incontestável" da tutela.

Britney Spears descreveu a tutela como "abusiva". "Esta semana vai ser muito interessante para mim! É pelo que mais tenho rezado na minha vida", escreveu a cantora no Instagram no início da semana, em texto que posteriormente foi apagado de sua conta.

Na audiência de setembro, ambas as partes se manifestaram a favor do fim do instrumento. Os advogados do pai da artista pediram então que ele fosse encerrado imediatamente.

Embora continue a negar que tirou proveito de sua condição de tutor para controlar a vida e a carreira da filha, Jamie Spears disse, recentemente, que a artista "acredita que pode administrar sua própria vida".

A juíza Penny aprovou marcar outra data para permitir ao advogado de Britney, Mathew Rosengart, apresentar um plano detalhado para a dissolução da tutela. E outra audiência foi marcada para dezembro, para resolver questões financeiras pendentes, incluindo custos legais.

- "Britney livre" -

A audiência desta sexta-feira é o clímax de uma longa campanha que Spears e sua legião de fãs ao redor do mundo lançaram para pedir o fim da tutela.

Este ano, por meio de seus advogados, a cantora disse que seu pai "nunca esteve à altura" de ser seu tutor, citando, em uma petição. detalhes como seu "conhecido alcoolismo" e "o trauma que infligiu a sua filha desde sua infância".

Em setembro, Britney afirmou que queria o fim da tutela o mais rápido possível para poder se casar com seu noivo Sam Asghari, em um acordo pré-nupcial.

A estrela tem dois filhos com seu primeiro ex-marido, o rapper Kevin Federline. Também teve um casamento fugaz em Las Vegas com seu amigo de infância Jason Alexander, anulado apenas 55 horas depois.

Na corte, ela contou anteriormente que seu pai a impediu de retirar seu dispositivo contraceptivo, apesar de seu desejo de engravidar. Jamie Spears nega essa acusação.

Quando o pai deixou de ser o tutor, foi substituído pelo contador John Zabel para lidar com as questões financeiras, de forma temporária, até o fim da guarda. A tutora profissional Jodie Montgomery foi designada para cuidar dos assuntos pessoais de Britney enquanto o acordo se mantivesse de pé.

Seus fãs, carregando faixas com a mensagem "Free Britney" (Libertem Britney), sempre estiveram nas proximidades dos tribunais durante as audiências.

Nesta sexta, realizaram o que chamaram de "manifestação final", e planejaram organizar uma "Festa da Liberdade" em West Hollywood, Los Angeles, para celebrar a decisão.

O noivo de Britney postou um vídeo no Instagram na noite de quinta-feira em que o casal aparece vestindo camisetas com "Free Britney" estampado. "É um movimento pelos direitos humanos", acrescenta uma legenda na camisa da estrela do pop.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade