UAI
Publicidade

Estado de Minas LIMA

Congresso do Peru dá voto de confiança a novo gabinete ministerial


04/11/2021 22:41

O novo gabinete ministerial do presidente esquerdista do Peru, Pedro Castillo, obteve nesta quinta-feira um voto de confiança crucial no Congresso, que lhe permite seguir em funções, encerrando um mês de incertezas.

Após dois dias de debate acirrado, o Congresso, dominado pela oposição, outorgou a confiança ao gabinete nomeado por Castillo em 6 de outubro, liderado pela advogada Mirtha Vásquez, por 68 votos a 56, e uma abstenção.

A aliança governamental de Castillo está no poder desde 28 de julho. Parte da ala dura do governismo deu as costas a Castillo. Dezesseis congressistas desse grupo, incluindo o ex-chefe de gabinete do presidente, Guido Bellido, negaram o voto de confiança.

O gabinete de 19 membros liderado por Mirtha Vásquez é o segundo nomeado por Castillo em 100 dias de governo e, para se manter funcionando, precisava do apoio do Congresso, conforme determina a Constituição.

A aprovação foi concedida após a substituição de Luís Barranzuela como ministro do Interior. Ele pediu demissão esta semana, após permanecer menos de um mês no cargo, devido a fortes críticas por ter realizado uma festa em sua residência, violando uma medida de restrição contra a Covid-19.

O pedido de confiança requeria 66 votos a favor em um Congresso fragmentado, onde o partido no poder, Peru Livre (marxista), é a principal minoria, com 37 das 130 cadeiras, embora a divisão mostrada seja um sinal de fragilidade do governo.

Mirtha Vásquez foi nomeada há um mês, quando Castillo demitiu Guido Bellido, fortemente questionado por contradizer o presidente, e outros seis ministros. Em agosto, o presidente também mudou de chanceler.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade