UAI
Publicidade

Estado de Minas PEQUIM

'Round 6' é sensação na China, apesar de não estar disponível


13/10/2021 21:56

Embora não esteja disponível na China, a série da Netflix "Round 6" causa sensação neste país, onde vários fãs driblam os controles para baixá-la ilegalmente e compram produtos vinculados à produção, como seus trajes peculiares.

A distópica série sul-coreana se tornou o lançamento mais popular da história da plataforma americana, mas dificilmente conseguirá a aprovação dos censores chineses devido ao seu conteúdo violento.

Isso não foi inconveniente para conquistar uma legião de fãs em cidades como Xangai, onde uma multidão se aglomera diariamente em uma loja que vende 'dalgona', um doce sul-coreano que aparece na série.

"As pessoas começaram a enviar piadas relacionadas à série nas conversas de grupo quando comecei a assistir", disse à AFP um cliente apelidado Li. "É acelerado e, por isso, bastante emocionante", disse.

Após comprar o doce, Li e seu amigo se gravaram imitando um desafio da série no qual as personagens devem recortar formas no doce sem quebrá-lo.

"Round 6" fala sobre um grupo de personagens marginalizadas e endividadas que entram em uma competição de jogos infantis para ganharem 45 bilhões de wons (38 milhões de dólares, 33 milhões de euros). Se forem eliminados, pagam com a vida.

Os fabricantes chineses, sempre perspicazes, não perderam a oportunidade e começaram a produzir fantasias e máscaras da série, que já estão inundando as plataformas de comércio digital do país.

O comerciante Peng Xiuyang disse à AFP que suas vendas cresceram 30% depois que colocou os produtos da série à venda.

Não sabia nada sobre ela até que um cliente lhe perguntou se vendia as máscaras pretas usadas pelos guardas de segurança da competição mortal.

A audiência chinesa conseguiu se esquivar dos controles na internet e assistir à série, especialmente por meio de páginas de download ilegal de fácil acesso.

"Nosso cálculo é que 'Round 6', que está obtendo popularidade global, está sendo distribuída ilegalmente em cerca de 60 sites da China", disse o embaixador da Coreia do Sul na China, Jang Ha-sung, em uma recente audiência parlamentar.

Prova de que o fenômeno também chegou ao gigante asiático, o nome da série "Round 6" alcançou quase 2 bilhões de visualizações nas redes sociais.

Nos comentários, os usuários falam sobre como superariam os desafios da trama e se perguntam como seria uma versão chinesa da série.

"Não passaria pela censura se fizéssemos uma produção assim... se fosse muito violenta, seria removida", afirmou um internauta.

NETFLIX


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade