UAI
Publicidade

Estado de Minas PARIS

Morreu o último sobrevivente da Ordem da Libertação francesa


12/10/2021 13:36

Hubert Germain, o último sobrevivente da Ordem da Libertação francesa, morreu aos 101 anos, anunciou a ministra da Defesa, Florence Parly, nesta terça-feira (12).

"Gostaria primeiro de informá-los sobre a morte de Hubert Germain, nosso último companheiro vivo da Libertação. É um momento importante em nossa história", disse Parly ao comitê de Defesa do Senado.

O presidente Emmanuel Macron "se curva à vida desta figura da França Livre", disse o Palácio do Eliseu em um comunicado em homenagem a Germain.

Germain será enterrado em Mont-Valérien, o principal local de execução de resistentes e reféns do exército alemão durante a Segunda Guerra Mundial. O ex-presidente Charles de Gaulle inaugurou ali o Memorial da França Combatente em 1960.

Pai das Forças Francesas de Libertação (FFL), Charles De Gaulle criou a Ordem da Libertação em novembro de 1940 para "recompensar as pessoas ou comunidades militares e civis identificadas na obra de libertação da França e de seu império".

No total, 1.038 pessoas, incluindo seis mulheres, receberam este título de Companheiro da Libertação, assim como 18 unidades militares e cinco comunas francesas.

Como membro das Forças Livres da França e da Legião Estrangeira, Germain participou das batalhas de Bir-Hakeim (Líbia), El Alamein (Egito) e Tunes.

Ele participou do desembarque liderado pelos franceses nas praias do Mediterrâneo em agosto de 1944, lutou pela libertação da cidade de Toulon, no Vale do Ródano e Lyon, no centro da França, passando pelas montanhas de Vosges e Alsácia no leste, e terminando a guerra no sul dos Alpes.

Macron presidirá uma cerimônia para Germain em 11 de novembro - Dia da Memória que marca o fim da Primeira Guerra Mundial e as vítimas do conflito - no Arco do Triunfo e depois em seu enterro em Mont-Valérien.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade