UAI
Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

FMI mantém incógnita sobre futuro de Georgieva à frente do Fundo


11/10/2021 10:08

O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse no domingo (10) que ainda não decidiu se manterá Kristalina Georgieva como diretora-gerente do órgão.

Uma investigação feita por um escritório de advocacia concluiu que Georgieva manipulou dados para favorecer a China quando ocupava um cargo de alto escalão no Banco Mundial (WB).

A junta diretora do FMI voltou a se reunir com representantes do escritório WilmerHale e com a própria Georgieva no fim de semana, "com o objetivo de concluir rapidamente a consideração do assunto", informou a instituição em um comunicado divulgado na noite de ontem.

Com o começo das assembleias de outono (primavera no Brasil) do FMI e do Banco Mundial, nesta segunda-feira, aumenta a pressão por um pronunciamento a esse respeito.

De nacionalidade búlgara e economista de formação, Georgieva iniciou sua liderança no FMI em 1º de outubro de 2019. Substituiu Christine Lagarde, atual presidente do Banco Central Europeu (BCE).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade