UAI
Publicidade

Estado de Minas NIAMEI

Quase 600.000 pessoas expostas à insegurança alimentar em Níger


03/10/2021 14:01

A ONU advertiu neste domingo que a região de Tillaberi, oeste de Níger, pode registrar uma "grande crise alimentar", pois quase 600.000 pessoas sofrem de insegurança alimentar.

A grande e instável região de Tillaberi (100.000 km2), limite com a zona das três fronteiras (Níger, Burkina Faso e Mali), é cenário desde 2017 de atos violentos de grupos extremistas vinculados à Al-Qaeda e ao Estado Islâmico (EI).

"A insegurança e os ataques recorrentes de supostos elementos de grupos armados não estatais (GANE) contra agricultores e a população civil terão, este ano, graves repercussões na situação alimentar, já precária, de milhares de famílias na região de Tillaberi", alerta o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA) em um relatório.

Quase 600.000 pessoas "estão sob risco de insegurança alimentar", completou a agência da Nações Unidas, que destacou que o "abandono dos campos de cultivo e as dificuldades de acesso aos mercados" podem resultar em uma grave crise alimentar.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade