UAI
Publicidade

Estado de Minas RAMALLAH

Gaza e Cisjordânia planejam eleições municipais para dezembro


17/09/2021 12:44

A comissão eleitoral palestina anunciou, nesta sexta-feira (17), a realização de eleições municipais em dezembro na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, com a condição de que o Hamas, no poder neste enclave, permita sua organização.

De acordo com o calendário eleitoral, os territórios palestinos devem realizar eleições locais uma vez a cada quatro anos.

Na Cisjordânia, elas aconteceram em 2017 pela última vez. Neste ano, o grupo islâmico Hamas impediu que fossem realizadas em Gaza, um território submetido a um bloqueio israelense há mais de 15 anos.

"Estabelecemos o calendário eleitoral, mas não sabemos se o Hamas permitirá a organização das eleições municipais em Gaza", disse à AFP Farid Taamallah, porta-voz da comissão eleitoral, um órgão independente com sede em Ramallah, capital administrativa da Cisjordânia.

"Esperamos que o governo palestino se coordene com (as autoridades de) Gaza e nos informe sobre o que decidirem", acrescentou.

As relações entre Hamas e Fatah, partido do presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, vêm-se deteriorando desde 2017. Neste ano, os islamitas assumiram o controle de Gaza após duros confrontos.

As eleições municipais estão previstas para 11 de dezembro em 387 localidades de Gaza e Cisjordânia e, posteriormente, em outras 90, disse Taamallah.

Em abril, o Hamas denunciou a decisão de Abbas de anular as eleições legislativas e presidencial palestinas marcadas para maio e julho. Seriam as primeiras eleições deste tipo em 15 anos.

Abbas justificou sua decisão com o argumento de que a segurança em Jerusalém Oriental não estava "garantida", em um momento de grandes tensões na Cidade Santa. Oficialmente, seu mandato terminaria em 2009.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade