Publicidade

Estado de Minas ADIS ABEBA

Chefe da USAID pede retirada das forças rebeldes do Tigré na Etiópia


04/08/2021 09:47

A chefe da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), Samantha Power, pediu às forças rebeldes do Tigré que se retirem "imediatamente" das regiões de Amhara e Afar que fazem fronteira com o Tigré, onde o conflito ameaça se espalhar para toda Etiópia.

"Para que a ajuda chegue a todos os que precisam no #Tigré, TODAS as partes devem cessar as hostilidades", tuitou Samatha Power na terça-feira (3) à noite, quando estava de visita na Etiópia. Também pediu às autoridades do Tigré para "retirarem imediatamente suas forças" das regiões de Amhara e Afar.

"Não existe uma solução militar para este conflito", acrescentou.

"Todas as partes devem acelerar a entrega ilimitada de assistência humanitária aos afetados pelo conflito e o bloqueio comercial no Tigré deve acabar", acrescentou.

O Tigré está há vários meses em uma grave crise humanitária, com centenas de milhares de pessoas à beira da fome, segundo as Nações Unidas.

Em novembro de 2020, o primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed, prêmio Nobel da Paz em 2019, enviou o Exército federal ao Tigré (norte) para destituir as autoridades regionais, membros do Frente de Libertação do Povo do Tigré (TPLF).

No final de novembro declarou a vitória, depois de tomar o controle de Mekele, mas os combates continuaram desde então. No final de junho, rebeldes favoráveis ao TPLF conquistaram a maior parte da região, incluindo a capital.

A responsável da USAID também reiterou o pedido de Washington de que as forças de Amhara se retirem do oeste do Tigré, assim como as forças da Eritreia para apoiar o Exército etíope.

A ONU alertou nesta quarta-feira que as refeições do último comboio humanitário que chegaram em Mekele em 12 de julho duraram apenas alguns dias.

Cerca de 5,2 milhões de pessoas, mais de 90% da população do Tigré, vivem da ajuda externa, segundo a ONU.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade