Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Diretor da Activision Blizzard deixa a empresa após polêmica por sexismo


03/08/2021 14:54

O gigante dos jogos eletrônicos Activision Blizzard anunciou, nesta terça-feira (3), uma reorganização da direção após os protestos de funcionários e uma ação do estado da Califórnia pelas supostas condições de trabalho tóxicas e a discriminação das mulheres permitidas pela empresa.

O chefe da unidade da Blizzard Entertainment, J. Allen Brack, vai embora "para buscar novas oportunidades", disse a empresa em um comunicado, e será substituído por Jen Oneal e Mike Ybarra, dois veteranos da empresa.

"Com seus muitos anos de experiência na indústria e seu profundo compromisso com a integridade e a inclusão, estou certo de que Jen e Mike dirigirão a Blizzard com cuidado, compaixão e dedicação à excelência", disse o diretor de operações, Daniel Alegre.

A reorganização é anunciada uma semana depois de os trabalhadores se ausentarem para protestar contra o sexismo e o assédio, e de uma petição online para boicotar jogos de sucesso da empresa, como "Call of Duty" e "Candy Crush".

A empresa afirmou ter começado o que prometeu que seria uma profunda revisão de suas práticas trabalhistas, após a ação estadual que alegava uma ampla discriminação e assédio às funcionárias.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade