Publicidade

Estado de Minas SYDNEY

YouTube suspende a rede Sky News Austrália por notícias falsas sobre covid-19


01/08/2021 09:37

O YouTube anunciou, neste domingo (1º), a suspensão durante uma semana da conta da Sky News Austrália na plataforma de vídeos devido à propagação de informações falsas sobre a covid-19.

A medida responde a uma análise dos vídeos publicados na plataforma por esta rede de televisão, pertencente ao magnata da imprensa Rupert Murdoch.

"Temos uma política clara sobre informações falsas sobre a covid-19 (...) para evitar a disseminação de notícias falsas sobre o coronavírus que possam ser prejudiciais no mundo real", disse o YouTube em um comunicado.

Com 1,86 milhão de inscritos nesta plataforma, a emissora, propriedade de uma filial do grupo News Corp de Murdoch, é seguida por militantes conservadores de fora da Austrália.

Publicações que questionam a existência de uma pandemia ou a eficácia das vacinas foram compartilhadas amplamente por todo o mundo.

Há três dias, a rede publicou uma história na qual um apresentador conhecido pela sua oposição às restrições sanitárias criticava a prorrogação do confinamento em Sydney.

A Sky News confirmou ter sido temporariamente bloqueada pelo YouTube.

Um porta-voz defendeu que a rede "apoia discussões e debates sobre um grande número de questões e pontos de vista, o que é essencial para qualquer democracia".

O YouTube possui três níveis de sanções: a primeira é uma suspensão de uma semana, depois de duas semanas se houver reincidência nos 90 dias seguintes e, por último, a retirada permanente da plataforma.

O ex-presidente americano Donald Trump foi suspenso no início de 2021 no YouTube.

A plataforma de vídeos é propriedade da Alphabet, empresa matriz da Google.

GOOGLE

NEWS CORPORATION


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade