UAI
Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Inflação nos EUA 'poderia ser mais alta e persistente do que esperávamos', diz Powell (Fed)


28/07/2021 17:24

A inflação poderia ser mais alta e persistente do que o esperado, enquanto a economia americana se recupera do impacto da pandemia do coronavírus, afirmou nesta quarta-feira (28) o presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Jerome Powell.

Powell disse que a inflação está muito acima da meta de 2% ao ano do Fed, principalmente devido a fatores sazonais, que incluem gargalos no abastecimento de produtos.

Mas, "enquanto a reabertura continua, outras restrições poderiam continuar limitando quão rápido a oferta se ajusta e isso aumenta a possibilidade de que a inflação seja mais alta e mais persistente do que esperávamos", informou Powell em coletiva de imprensa, ao concluir a reunião de dois dias do comitê de política monetária do Fed.

Powell reiterou que confia em que apesar de que a inflação possa permanecer alta por alguns meses, o aumento de preços vai parar e repetiu que o banco central está pronto para agir se for necessário.

"Se as expectativas de inflação aumentarem, usaremos nossas ferramentas para conduzir a inflação de novo a 2%", afirmou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade