Publicidade

Estado de Minas PARIS

Ator e diretor francês Jean-François Stévenin morre aos 77 anos


28/07/2021 15:20 - atualizado 28/07/2021 15:29

O ator Jean-Francois Stévenin, que começou a carreira trabalhando para cineastas como Jacques Rivette e François Truffaut antes de virar um popular ator coadjuvante do cinema francês e também diretor, morreu na terça-feira aos 77 anos, informou a família.

"Morreu no hospital de Neuilly (perto de Paris), lutou até o fim", disse seu filho Sagamore Stévenin, também ator.

Jean-François Stévenin dirigiu três filmes considerados cult ("Passe montagne", "Doubles messieurs" e "Mischka") mas foi sobretudo um ator prolífico e sua carreira inclui participações em "Na Idade da Inocência" de François Truffaut, "Um Quarto na Cidade", de Jacques Demy e "O Pacto dos Lobos", de Christophe Gans.

Stévenin nasceu na região de Jura em 1944 e estudou na escola de negócios HEC. Descobriu o cinema em Cuba, durante práticas sobre produção de leite.

Passou dez anos como assistente de direção antes de começar a atuar. Seu rosto redondo e seus penetrantes olhos azuis o transformaram em um rosto familiar no cinema francês.

Nos anos 1980, trabalhou com Jean-Luc Godard, Bertrand Blier e Cahterine Breillat, entre outros, e depois vieram sucessos como "O Pacto dos Lobos" (2001).

Seu último filme, "Ilusões Perdidas", de Xavier Giannoli, uma adaptação de Balzac, será exibido no Festival de Veneza em setembro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade