Publicidade

Estado de Minas RIO DE JANEIRO

Quase 900 pessoas são presas por violência contra crianças e adolescentes


16/07/2021 19:40

Uma operação policial iniciada no começo de junho resultou na prisão de 884 pessoas acusadas de violência contra crianças e adolescentes em todo o Brasil, informou o Ministério da Justiça nesta sexta-feira (16).

A maioria dos casos está relacionada a estupro, maus-tratos e tortura. Só nesta sexta-feira, 110 pessoas foram detidas.

Em todo o país, cerca de 7.500 agentes foram mobilizados desde o início da operação, que permitiu auxiliar 16.971 vítimas, detalha o comunicado.

Segundo dados do Ministério da Mulher, da Família e Direitos Humanos, de janeiro a abril deste ano houve 32 mil denúncias de violência contra crianças e adolescentes.

Em 2020, mais de 6 mil crianças e adolescentes foram mortos no Brasil, de acordo com relatório publicado esta semana pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Entre elas, 267 tinham menos de 12 anos (um aumento de 1,9% em relação a 2019) e 5.855 entre 12 e 19 anos (+3,6%), especifica o FBSP, organização formada por pesquisadores das ciências sociais, policiais e membros do judiciário.

O relatório do FBSP reporta 60.460 denúncias de violações em 2020, sendo 60,6% das vítimas menores de 13 anos.

A delegada da Polícia Civil Fernanda Antonucci, integrante da coordenação-geral de Planejamento Operacional do MJSP, que participou da operação concluída nesta sexta, chamou a atenção para os sinais que podem indicar que uma criança é vítima de abusos ou maus-tratos.

"O primeiro sinal para detectar se uma criança sofre qualquer tipo de violência é perceber o comportamento dela. É normal (nesses casos) que uma criança que era alegre, uma criança que brincava, mude de comportamento, fique introvertida, que ela fique com vergonha, fique reservada", explicou Antonucci em coletiva de imprensa em Brasília.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade