Publicidade

Estado de Minas LIMA

Peru prorroga suspensão dos voos de Brasil, África do Sul e Índia


14/07/2021 20:09

O Peru prorrogou a suspensão dos voos de Brasil, África do Sul e Índia, numa tentativa de conter as infecções por novas variantes de coronavírus, informou o governo nesta quarta-feira (14).

A suspensão, que passa a vigorar até 31 de julho, visa a "proteger a saúde pública e evitar possíveis contágios em massa pelas diversas variantes que circulam nesses países", de acordo com a norma, publicada no Diário Oficial.

A extensão coincide com o aumento das infecções no país pelas variantes Gamma, que surgiu no Brasil, e Delta, detectada na Índia, segundo autoridades sanitárias. O primeiro caso de contágio pela variante Delta foi relatado em 9 de junho, em Arequipa, a 1.000 km de Lima.

O Peru restringiu os voos da África do Sul em dezembro, do Brasil em janeiro e da Índia em maio, e prorroga essas medidas a cada 15 dias. Com 33 milhões de habitantes, o país já registrou mais de 2 milhões de infecções e quase 195.000 mortes desde o início da pandemia, em março de 2020.

O número de mortos no país disparou em 31 de maio, quando o governo corrigiu a cifra, que passou de 69.000 para 180.000. Desde então, o Peru é o país com maior taxa de mortalidade devido à pandemia, com 598 óbitos a cada 100.000 habitantes.

Ao mesmo tempo, o governo acelerou a vacinação. O país imunizou 3,57 milhões de pessoas com duas doses desde fevereiro, ou 11% da população. Seis milhões já tomaram a primeira dose.

Neste mês, o Peru alcançou os números mais baixos do ano em infecções e mortes. Nas últimas três semanas, o número médio de casos girou em torno de 2.500 por dia, o menor desde janeiro. As mortes também estão diminuindo, com menos de 200 por dia nas últimas duas semanas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade