Publicidade

Estado de Minas BISHKEK

Ao menos 14 mortos por deslizamentos de terra na Ásia central


13/07/2021 10:33 - atualizado 13/07/2021 10:38

Ao menos 14 pessoas morreram e outras duas foram declaradas desaparecidas no Quirguistão e Uzbequistão por deslizamentos de terra causados pelas chuvas torrenciais, informaram as autoridades dos dois países da Ásia central nesta terça-feira (13).

As imagens divulgadas nas redes sociais mostravam uma enorme avalanche de lama que arrastava centenas de árvores e cruzava ruas e rodovias em alta velocidade.

"Oito pessoas foram arrastadas por deslizamentos de terra na região de Jalal-Abad. Seis corpos foram encontrados", afirmou o primeiro-ministro Ulukbek Maripov em um comunicado.

"Prédios residenciais também foram destruídos, a estrada foi arrancada em algumas áreas e pontes e outras estruturas foram danificadas", acrescentou.

De acordo com a imprensa local, as duas pessoas desaparecidas são menores. Os jornais informam ainda que estes deslizamentos se devem às fortes chuvas.

O presidente do Quirguistão, Sadyr Japarov, enviou seus pêsames aos familiares das vítimas e instruiu o governo a "oferecer uma assistência adequada às populações afetadas pela catástrofe".

No vizinho Uzbequistão, uma avalanche de terra "caiu do território do Quirguistão causando a morte de oito pessoas" no vale de Ferghana (leste do país), de acordo com o ministério de Situações de Emergência, que acrescenta que outras seis pessoas estão "gravemente feridas".

Nesses últimos dias, esta região sofreu raras temperaturas elevadas, acompanhadas de chuvas torrenciais.

Todos os anos, por volta da primavera, as zonas montanhosas da Ásia Central sofrem inundações e deslizamentos de terra fatais que bloqueiam importantes rotas em países carentes de boa infraestrutura de transporte.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade