Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Blinken diz que o presidente de Cuba culpar os EUA pelos protestos é um 'grave erro'


12/07/2021 17:15 - atualizado 12/07/2021 17:19

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, disse nesta segunda-feira (12) que o líder cubano erra ao culpar os Estados Unidos pelos protestos históricos de domingo e não estava dando ouvidos a seu povo.

"Seria um grave erro do regime cubano interpretar o que está acontecendo em dezenas de vilas e cidades em toda a ilha como resultado ou produto de qualquer coisa que os Estados Unidos tenham feito", respondeu Blinken a jornalistas quando questionado sobre as declarações do presidente Miguel Diaz-Canel.

"Eles simplesmente não estão ouvindo as vozes e a vontade do povo cubano, pessoas profundamente, profundamente cansadas da repressão que dura muito tempo", disse Blinken.

O chefe da diplomacia estadunidense acrescentou que os cubanos estão respondendo com protestos à "má gestão" da economia por parte da direção comunista e à resposta da pandemia da covid-19.

Anteriormente, Díaz-Canel havia acusado Washington de impor "uma política de asfixia econômica para provocar revoltas sociais no país".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade