Publicidade

Estado de Minas CABUL

Talibãs dizem que governo islâmico é o caminho da paz no Afeganistão


20/06/2021 10:29

Os talibãs disseram, neste domingo (20), que continuam comprometidos com as negociações de paz, mas insistiram que um "autêntico governo islâmico" no Afeganisão é a única forma de encerrar a guerra e garantir os direitos, inclusive para as mulheres.

Um dos responsáveis talibãs nas negociações interafegãs de Doha, o mullah Abdul Ghani Baradar, afirmou em um comunicado que "um autêntico governo islâmico é a melhor solução e a demanda de todos os afegãos".

"Nossa participação nas negociações comprova que acreditamos na resolução dos problemas pelo entendimento mútuo", insistiu, e pediu "à comunidade internacional que deixe os afegãos decidirem seu destino e o de seu país".

Chefe adjunto de assuntos políticos, o mullah afirma que os talibãs "preservarão os direitos de todos os cidadãos desse país, homens e mulheres, devido aos preceitos do Islã e das tradições da sociedade afegã".

As negociações sobre um possível acordo de compartilhamento de poder entre os talibãs e o governo afegão, que começaram em setembro em Doha, estão atualmente estagnadas e a violência aumentou em todo o país desde maio, quando o exército americano começou sua retirada final.

<


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade