Publicidade

Estado de Minas KANO

Boko Haram confirma morte de líder histórico Shekau


16/06/2021 19:00

O grupo jihadista nigeriano Boko Haram confirmou a morte de Shekau, seu líder histórico, em combates com seus rivais do Estado Islâmico na África Ocidental (ISWAP), anunciou o suposto novo líder Bakura Modu, apelidado de Sahaba, em um vídeo enviado à AFP por fontes verificadas.

Sahaba, um importante comandante do Boko Haram conhecido pelos especialistas por ter sua base no Lago Chade, pede a "Alá para abençoar a alma de Shekau", que morreu "como um mártir", e acusa o líder ISWAP de tê-lo matado.

Em sua mensagem lida em árabe e interrompida abruptamente no meio de uma frase sem motivo aparente, o homem que se apresenta como o novo líder pede vingança contra o grupo rival, que se separou do Boko Haram em 2016.

Na semana passada, o ISWAP anunciou a morte de Abubakar Shekau, o líder histórico desde a morte do fundador Mohamed Yusuf em 2009 na luta entre os dois grupos rivais na floresta de Sambisa, no nordeste da Nigéria.

Este anúncio confirma os inúmeros rumores de que Shekau estava morto desde maio.

O ISWAP, reconhecido pelo grupo Estado Islâmico, nasceu em 2016 de uma divisão com o Boko Haram, que acusa de assassinar civis muçulmanos, e tem ganhado poder, se tornando o grupo jihadista dominante no nordeste da Nigéria.

Desde 2019, o exército nigeriano retirou-se de pequenas aldeias e bases para se entrincheirar em "supercampos", uma estratégia que não deixou de ser criticada, pois permite que os jihadistas se movam sem problemas pelas áreas rurais.

Desde que começou a rebelião do grupo islâmico radical Boko Haram em 2009 no nordeste da Nigéria, o conflito deixou quase 36.000 mortos e 2 milhões desabrigados.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade