Publicidade

Estado de Minas MANÁGUA

Vice-presidente de Nicarágua felicita "irmão" Castillo por vitória no Peru


10/06/2021 20:35

A vice-presidente e primeira-dama da Nicarágua, Rosario Murillo, parabenizou nesta quinta-feira (10) o candidato esquerdista Pedro Castillo por sua "vitória" nas eleições presidenciais peruanas contra a direitista Keiko Fujimori, embora um vencedor oficial ainda não tenha sido declarado.

"Queria iniciar compartilhando as felicitações que tenho visto e que saúdam o presidente eleito do Peru, o irmão Pedro Castillo, desejando-lhe o melhor, uma grande vitória para o povo peruano e para os povos da América Latina", declarou Rosario Murillo, que também é a porta-voz do governo, em seu discurso diário.

"Graças a Deus ele está alcançando ou já alcançou a vitória, que todos os povos celebram, porque é uma vitória que honra a todos nós. É uma vitória da liberdade, da justiça, desses caminhos de libertação", continuou Murillo, da esquerdista ex-guerrilha Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN).

O andamento da contagem de votos no Peru tem demorado mais que o habitual devido a contestações de atas, denúncias de fraude e um pedido da candidata Fujimori ao Júri Nacional de Eleições (JNE) para anular os resultados de 802 mesas de votação. Um vencedor ainda não foi proclamado.

O último relatório do órgão eleitoral peruano dá 50,2% dos votos para Castillo e 49,8% para Fujimori, com 99,3% dos votos apurados.

Apesar de Castillo liderar Fujimori por quase 70.000 votos e já adotar um discurso público vitorioso, se o JNE concordar com Fujimori essa tendência pode mudar.

Apesar disso, o presidente argentino, Alberto Fernández, parabenizou Castillo como "o presidente eleito do Peru", mesma postura apresentada pelo presidente boliviano, Luis Arce.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade