Publicidade

Estado de Minas RIADE

Coalizão liderada pela Arábia Saudita interrompe bombardeios no Iêmen


10/06/2021 13:36

A coalizão militar liderada pela Arábia Saudita que intervém no Iêmen anunciou nesta quinta-feira (10) a suspensão dos bombardeios para tentar encontrar uma solução negociada com os rebeldes huthis.

"Nenhuma operação militar foi realizada nas proximidades de Sanaa ou em qualquer outra cidade iemenita recentemente", explicou o porta-voz da coalizão, Turki al-Maliki.

Esta decisão visa "preparar o terreno político para um processo de paz no Iêmen", acrescentou.

O anúncio é feito após relatórios não comprovados de um ataque aéreo da coalizão contra uma divisão rebelde blindada perto de Sanaa.

Correspondentes da AFP na cidade ouviram fortes explosões e viram uma nuvem de fumaça no horizonte.

Os esforços diplomáticos para encerrar o conflito no Iêmen continuam, e na quarta-feira o ministro das Relações Exteriores de Omã, Badr Albusaidi, chegou a Riade para atuar como mediador entre o regime e os rebeldes huthis, que são apoiados pelo Irã.

Os huthis sitiam há meses a cidade de Marib e os campos de petróleo da região, último enclave do norte do país ainda em poder do regime.

Mas estão crescendo os sinais de uma possível desescalada militar: os huthis começaram a reparar estradas perto do aeroporto de Sanaa, disseram fontes locais à AFP.

A coalizão liderada por Riad controla o espaço aéreo iemenita desde o início de suas operações militares em 2015.

Os rebeldes querem que o espaço aéreo seja reaberto como uma pré-condição para um cessar-fogo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade